Ser Árvore no meio da Floresta…

Nunca, como hoje, se viu tanta gente a fazer da fotografia o seu passatempo de eleição e até mesmo a arriscar a ser o seu principal meio de subsistência.

A evolução tecnológica dos equipamentos fotográficos e consequente massificação, por um lado, e o estado actual das redes sociais e da disponibilidade de informação na internet por outro, permite-nos obter todo o tipo de informação e formação sobre fotografia, fotografar e rapidamente ter material pronto para partilhar com uma audiência potencial de milhares. Mas, com tudo isto, será que é mais fácil ser-se Fotógrafo?
Uma árvore isolada na savana africana destaca-se muito mais do que uma árvore no meio da floresta. No entanto, se no meio de tantas a arvore alguma se destacar, então é porque deve ser realmente excepcional. Esta analogia aplica-se ao que se passa no mundo actual da fotografia digital. A dificuldade de encontrar um fotógrafo excepcional está directamente relacionada com a facilidade que existe para alguém fazer fotografia e mostrá-la ao mundo.

Os desafios para alguém que deseja levar a fotografia mais a serio e destacar-se na floresta de fotografia que existe actualmente são bem claros:

1)      APRENDER

São milhares, as fontes de informação disponíveis na internet: vídeos, blogs, cursos online e webminars, livros e publicações digitais, aplicações para tablets e smart phones, etc, Para além disto, existe agora uma variada oferta de workshops que sofreu um aumento exponencial nos últimos 2 anos. Com tudo isto, a dificuldade é agora saber seleccionar e organizar a informação de forma a direccionar a atenção para aquilo que se pretende dominar. É fácil ficar frustrado com tanto que existe para aprender, e é por isso necessário ser-se pragmático, motivado, objectivo e organizado.

2)      PRATICAR

Não se pode perder demasiado tempo no computador e no meio de tanta a informação. Fotografia aprende-se fotografando. A experiencia de fotografar faz-nos descobrir as nossas limitações ao mesmo tempo que também nos mantemos motivados sem perder de vista os objectivos que pretendemos atingir com a fotografia que fazemos. Assim que aprendemos algo, é preciso por em pratica e experimentar por nós mesmos toda a teoria que vamos absorvendo. E não esquecer: andar sempre com a máquina fotográfica.

3)      ESTUDAR OS MESTRES

Um dos maiores perigos para a evolução como pessoas e como fotógrafos, é ficar demasiado embrenhado no que estamos a fazer sem prestar atenção ao que existe à nossa volta. É preciso conhecer e analisar as obras dos grandes mestres da fotografia, desde dos primeiros até aos actuais. Uma das melhores formas de manter-nos inspirados é admirar e estudar as obras de outros. Nunca percam a oportunidade de visualizar com atenção o portefólio de pelo menos um fotografo por dia. E se for realmente algo que vos toque, acompanhem a sua obra e carreira. Percebam os truques e técnicas de quem já anda há muito tempo nesta indústria.

4)      DESCOBRIR O MEU ESTILO

Com tudo o que se vai assimilando, tanto com a vossa aprendizagem, como com a visualização de obras de outros fotógrafos, associados à prática que vão fazendo da fotografia, irão descobrir a vossa própria forma de fotografar e de criar imagens. Por vezes terão de se obrigar a descobrir novos temas, e de criar ou reinventar novas formas de fotografar. Experimentar. Quebrar as regras. Ir contra aquilo que vos ensinaram ser a forma correcta de fazer as coisas. Acima de tudo, serem vocês próprios. Criarem a vossa visão particular do mundo que vos rodeia e tentar transmitir aquilo que vêem e sentem.

5)      CONSTRUIR UM PORTEFÓLIO

À medida que se sentirem mais confiantes e seguros na fotografia, irão produzir cada vez mais e melhores imagens, e irá surgir a ânsia de mostrar o vosso trabalho. É tempo de começar a seleccionar e organizar as vossas melhores imagens. Começar a definir projectos pessoais. Desafios fotográficos, com objectivos bem concretos sobre o produto final que se pretende. Seleccionar apenas as melhores imagens, ainda que sejam poucas. Definir um número pequeno por tema. Por exemplo 10 fotos de paisagens, retratos, arquitectura, vida animal, etc. Certificarem-se de que existe uma qualidade consistente ao longo de todas as imagens.

6)      MOSTRAR O TRABALHO

A Fotografia existe para ser partilhada com outros. Faz parte da sua essência. A exposição do vosso trabalho ao resto do mundo é um dos mais importantes passos na carreira de qualquer fotógrafo. Não tenham medo de arriscar. Se escolherem bem as vossas melhores imagens, as opiniões (boas e más) vão ajudar-vos a melhorar a vossa arte, técnica e visão. Deverão ter o vosso portefólio tanto em formato digital, como em papel. Imprimir as fotos é fundamental porque o mundo não é apenas digital, e uma fotografia deve existir num formato real e físico como o papel. Depois de começarem a ter as primeiras impressões em papel, garanto-vos que não querer outra coisa. Procurem família e amigos. Depois, fotógrafos amigos, professores, companheiros de passeios fotográficos e seguir para círculos cada vez mais distantes de conhecimento até chegar, idealmente, aos profissionais da área e/ou eventuais clientes. As redes sociais e internet são outro meio importantíssimo a explorar e a maneira de o fazer vai dar para escrever outra serie de artigos. E não se esqueçam: estar sempre a fotografar.

7)      PROJECTAR UM NEGÓCIO

Se a pretensão de fazer fotografia é apenas uma satisfação pessoal, sem outro fim que não seja simplesmente fazer e ter boas imagens, este ponto não vos interessa. Mas se, pelo contrário, pretendem seguir uma carreira profissional e viver a partir da fotografia, é preciso pensar bem e definir que tipo de negocio se pretende criar e com que tipo de fotografia. O investimento em equipamento fotográfico (e não só), será neste momento fundamental para se avançar seriamente nesta vida. A quantidade de fotógrafos e, sobretudo, a qualidade de muitos deles com carreiras de muitos anos de experiencia obriga a não comecem a caminhar sem saber muito bem para onde vão, sob pena de se depararem com dificuldades inesperadas e intransponíveis. Saber fotografar, não implica, de todo, saber criar e manter um negócio. Aconselho vivamente a quem começa, por trabalhar primeiro com outros profissionais no tipo de fotografia que pretendem fazer. Experimentem o negocio de outros, aproveitando também para aprender com eles.

8)      SER COMUNIDADE

E ao longo de toda esta caminhada, seja como profissional, ou apenas como hobbie, a fotografia é também uma comunidade. Vamos conhecendo novas pessoas, novos talentos e grandes mestres. Aprendemos e experimentamos muita coisa e com tudo isto deverá existir sempre um sentido de partilha natural ao mesmo tempo que se vai criando uma rede de conhecimentos, amigos e contactos: uma comunidade fotográfica que nos valoriza tanto como pessoas, como artistas. Devemos dar tanto a esta comunidade, como aquilo que recebemos. Se queremos ser reconhecidos devemos dar reconhecimento. E acabamos sempre por aprender ao ensinar e receber ao partilhar.

Boas Fotos.

2 responses to “Ser Árvore no meio da Floresta…

  1. Sou sincero, não li tudo, mas aqui está muito do que é necessário para se fazer boa fotografia… e muito amor, não essencialmente ao material, normalmente muito caro, mas à estética, à harmonia, ao equilíbrio, aprender a ver num quadro, num panorama, numa cena, os muitos quadros, panoramas, cenas que os constituem. Um cacho de uvas pode parecer um todo, mas uma uva, a pele da uva, são por sua vez, sujeitos dinâmicos que podem adquirir previlégios de temas eleitos. É preciso paixão, serenidade para tratar o assunto com o carinho que uma imagem eleita merece.

  2. lindo, o mundo da fotografia … aquela foto inspirada, prazerosa, feliz de olhar, sentir e ate, querer tocar…obrigado a todos os fotógrafos q felicitam os olhos, a alma e nossa vida.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s